Semana de Oração pela Unidades dos Cristãos

Dia 7

Mulher, grande é a tua fé!

(Mateus 15,28)

Ler: 1 Samuel 1,13-17 e Mateus 15,21-28

Reflexão

Eli interpreta mal a profunda e intensa prece de Haná e a condena, considerando suas súplicas como murmúrios de embriaguês. Ainda assim, as palavras com que ela respondeu, pedindo que ele não a considerasse uma mulher sem valor, comoveram seu coração e ele a mandou embora com uma bênção. Do mesmo modo, quando a mulher cananeia veio a ele pedindo-lhe para curar sua filha, Jesus inicialmente a mandou embora, dizendo que tinha vindo apenas para seu próprio povo. Mas ela persistiu em sua súplica e desafio e, ao final, reconhecendo sua grande fé, Jesus lhe concedeu o que pedira. Em ambos os casos, uma mulher que era inicialmente marginalizada e considerada indigna de atenção tornou-se capaz de dizer palavras proféticas que comoveram corações e trouxeram cura e plenitude.

A marginalização e desconsideração das vozes femininas continuam em nosso tempo. De fato, mesmo dentro de nossas igrejas, somos frequentemente cúmplices de culturas que desvalorizam mulheres. Quando os cristãos tomam consciência de suas próprias falhas nessa área, eles começam a reconhecer mais claramente o horror da violência contra mulheres e crianças, retiradas à força de suas casas e vítimas de tráfico para outras terras. Essas pessoas e muitos outros trabalhadores migrantes são frequentemente tratados como menos que humanos, e lhes são negados os mais básicos direitos humanos. Em anos recentes, Igrejas na Indonésia assumiram ações em comum contra o tráfico humano e o abuso sexual de crianças. Seus esforços, e os de pessoas de outras religiões, são cada vez mais urgentes, já que o número de vítimas em algumas partes do país está crescendo diariamente.

Como cristãos unidos em oração e estudo das Escrituras, sinceramente ouvindo a voz de Deus, eles podem descobrir que Deus também fala hoje através dos clamores dos que sofrem mais abusos na sociedade. É ao ouvir juntos o chamado de Deus que eles são inspirados a estarem unidos em ação comum contra o flagelo do tráfico humano e de outros males.

Oração

Deus de toda graça, 
és a fonte da dignidade humana.

Por tua graça e poder as palavras de Haná 
transformaram o coração do sacerdote Eli; 
por tua graça e poder 
as palavras da mulher cananeia moveram Jesus a curar sua filha.

Ao buscarmos manifestar a unidade da Igreja, 
concede-nos a coragem de rejeitar 
todas as formas de violência contra mulheres 
e de celebrar os dons do Espírito 
que as mulheres trazem com seu serviço à Igreja.

Assim oramos por Jesus Cristo, nosso Senhor, 
que vive e reina contigo e com o Espírito Santo, 
um só Deus para sempre. Amém.

Deixe uma resposta